Comerciários elegem Chapa 1 para o comando do Sindicato

Duas chapas concorreram à disputa. Apuração foi concluída durante a madrugada.

Os trabalhadores do comércio de Criciúma e região elegeram nesta quarta-feira, dia 24, a nova diretoria da entidade. A eleição teve duas chapas concorrentes e as 10 urnas ficaram disponíveis na sede do sindicato e, de forma itinerante, em diversos estabelecimentos do setor. A chapa 01 somou 402 votos contra 140 da chapa 02. Ainda foram registrados 03 votos brancos e 05 nulos.

A nova diretoria assume a entidade em 11 de janeiro de 2019. A equipe, que tem à frente Manoel Domingos no cargo de presidente, é composta por trabalhadores de diversas categorias abrangidas pelo sindicato como lotéricos e trabalhadores de concessionarias, por exemplo. Gelson Gonçalves, atual presidente da categoria, ocupará o cargo de secretário.

Reajuste de 2018 ainda incerto

Além da eleição, outro assunto muito discutido entre a categoria nos últimos meses, é o reajuste salarial de 2018. O acordo ainda não foi firmado com o sindicato patronal. “Pedimos 2,5% de reajuste para que os trabalhadores tenham pelo menos 1% de ganho real. Além disso, seguimos discutindo as homologações das rescisões e o pagamento em feriados para trabalhadores dos supermercados”, comenta o presidente Gelson Gonçalves.

Sindicato lança condomínio em parceria com a Sônego Construções

Residencial Lavoro tem localização estratégica e financiamento pelo programa Minha Casa, Minha Vida

O Sindicato dos Comerciários de Criciúma e Região e a Sônego Construções lançam um empreendimento imobiliário. O Residencial Lavoro fica localizado no bairro Ana Maria, na grande Próspera, com acesso fácil à Via Rápida e financiamento pelo programa Minha Casa Minha Vida.

Ao todo, serão 128 apartamentos divididos em oito blocos e as unidades estão sendo comercializadas a partir de R$ 99.900 (apartamento de um quarto) e entre R$ 122 mil e R$ 127 mil (apartamentos de dois quartos).

O empreendimento está, atualmente, na fase de fundação e o prazo de entrega é outubro de 2021. Não há valor mínimo estabelecido para entrada. Interessados na compra podem entrar em contato com o Sindicato dos Comerciários pelo telefone 3433-3327, 3443-5207 ou 99924-8894.

Saiba mais sobre o empreendimento

Apartamentos de 1 quarto com 42,68 m²

Apartamentos de 2 quartos de 52,13 m² e 53,72 m²

Uma vaga de garagem descoberta

Churrasqueiras individuais a carvão

Medidores individuais de água  e energia

Salão de festas com área para espaço gourmet

Playground

Área verde com aproximadamente 500 m²

Pergolados

Espaço Pet

Espaços de leitura

Horta orgânica (pequeno espaço com temperos)

Coletores seletivos de reciclagem

Acesso fácil para a Via Rápida

Veja detalhes do Lavoro aqui

Contábeis têm convenção firmada

Documento assinado nos últimos dias tem validade até abril de 2019.

Trabalhadores de empresas contábeis, de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa, com abrangência territorial em Cocal Do Sul, Criciúma, Forquilhinha, Içara, Morro Da Fumaça, Nova Veneza, Siderópolis, Treviso e Urussanga tiveram firmada Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019. O documento já foi assinado e tem validade até 30 de abril do próximo ano.

Conforme o acordo, o reajuste salarial foi de 2,5% e assim, o piso da categoria ficou fixado em R$ 1395,00. Como a data-base da categoria é o mês de maio, o valor do reajuste entre os meses de maio e agosto será quitado em parcela única até o quinto dia útil do mês de setembro de 2018.

No acordo, ficou definido também que quando o contrato de trabalho for rescindido, obrigatoriamente essa rescisão será feita no Sindicato dos Comerciários, entidade que representa o trabalhador.

Acesse aqui a convenção

Comerciários assinam Convenção Coletiva

Documento determina o reajuste salarial referente ao ano de 2017

Foi assinada ontem e protocolada no Ministério do Trabalho na manhã desta sexta-feira, dia 20, a Convenção Coletiva de Trabalho entre o Sindicato dos Comerciários de Criciúma e Região e o Sindicato do Comércio Varejista de Criciúma. O documento determina o pagamento do reajuste salarial aos trabalhadores a partir de maio se 2017.

Conforme o acordo, o reajuste será de 4,22% e o piso salarial da categoria passa a ser R$ 1.270,00. Empacotadores, embaladores a mão e office-boy têm o piso fixado em R$ 1.150,00. Os trabalhadores receberão a diferença dos últimos meses na folha de pagamento de abril, que deve ser quitada até o 5° dia útil do mês de maio.

Os trabalhadores que foram desligados de maio de 2017 até a assinatura da convenção também receberão a diferença de valores. O pagamento poderá ser feito até o próximo dia 15.

Feriados e vale-compras

O acordo entre os sindicatos ainda estabeleceu que os comerciários que trabalharem em feriados receberão um bônus na forma de vale compras ou em dinheiro e também um dia de folga. Durante os últimos onze meses, o bônus também foi pleiteado pelo sindicato laboral para os trabalhadores de supermercados, mas as empresas do ramo não aceitaram o pedido. Sendo assim, os colaboradores de supermercados e estabelecimentos que tenham a alimentação como atividade-fim, têm direito ao dia de folga. O valor em dinheiro ou em vale-compras, no entanto, fica facultativo a empresa.

O valor do vale-compras será de R$ 42 reais para atividades até quatro horas e de R$ 84 reais caso o trabalho ultrapasse este período. Já o dia de folga deve ser usufruído pelo trabalhador em até 30 dias após o feriado.

Segundo o presidente, a demora na assinatura do acordo reflete o momento critico em que as entidades que representam a classe trabalhadora têm enfrentado. “Este acordo foi o mais difícil da historia do sindicato. Jamais havíamos virado um ano sem fechar a convenção. Fizemos de tudo na tentativa de manter os direitos do comerciário e da comerciária, mas infelizmente não conseguimos tudo o que esperávamos. Agora, vamos iniciar as discussões para a convenção deste ano”, avalia.

Acesse a convenção aqui.